SCS QD. 06 BL A N 172 ED. JESSE FREIRE 5º ANDAR SL 15- CEP: 70.306-908 - Brasília - DF

Confiança do empresário brasiliense cresce no primeiro mês do ano

empresarios

O Índice de Confiança do Empresário do Comércio do DF (Icec-DF) cresceu 0,7 pontos em janeiro de 2020 na comparação com dezembro de 2019, fixando-se em 132,6 pontos. Em relação ao mesmo período do ano passado, o índice também apresentou crescimento: de 7,4 pontos. É o que mostra a pesquisa divulgada pela Fecomércio-DF. Valores acima de 100 indicam otimismo.

O presidente da Fecomércio-DF, Francisco Maia, explica que a recuperação da economia brasileira é um dos fatores para o crescimento do índice de confiança na capital do País. “O volume de serviços no DF registrou a melhor taxa do País, segundo a última pesquisa apresentada pelo IBGE. As vendas no varejo tiveram uma retomada, por conta das festas de final do ano. Aliado a esses resultados positivos temos um avanço gradual da economia com melhoria nos investimentos”, avalia Francisco Maia.

A pesquisa mostra que 11,3% dos empreendedores entrevistados avaliam que as condições atuais da economia brasileira melhoraram muito; 47,1% afirmaram que melhorou pouco; 21,8% disseram que piorou pouco e 19,8% acham que piorou muito. Sobre a expectativa de contratação de funcionários: 23,9% acreditam que vão aumentar; 53% aumentarão pouco; 18,3% vão reduzir pouco e 4,8% vão reduzir muito.

O Índice de Confiança do Empresário do Comércio (Icec) detecta as tendências do setor, do ponto de vista do empresário. A amostra é composta por aproximadamente 6 mil empresas e os índices, apurados mensalmente, apresentam dispersões que variam de zero a 200 pontos.

Por Daniel Alcântara

Foto: Freepik             Fonte: Fecomércio / CNC

Posts Relacionados

Deixe seu comentário