Setor Comercial Sul, Quadra 06, Bloco A, Lote 206, Ed. Newton Rossi, 3º. andar, Parte G, Brasília – DF, CEP 70.306-911

Fecomércio-DF pede que governo avalie a reabertura segura

foto

O presidente em exercício da Fecomércio-DF, junto com representantes de outras entidades do setor produtivo da capital do País, esteve reunido com o governador do Distrito Federal, Ibaneis Rocha, e secretários de governo, na manhã desta segunda-feira (1º), no Palácio do Buriti. A pedido da Fecomércio, o governador disse que avaliará ainda essa semana a reabertura de alguns segmentos econômicos, de forma gradativa e segura. Durante o encontro, Ibaneis afirmou que sabe do sofrimento dos trabalhadores e dos empresários de todos os setores e que trabalhará para retomar as atividades no menor prazo possível.

De acordo com o presidente em exercício da Fecomércio-DF, Edson de Castro, a entidade sabe o momento delicado que o DF está passando, em decorrência do alastramento do vírus. Porém, é necessário haver um meio termo, para que não haja mais prejuízos para a economia local. “O governador garantiu que se houver uma diminuição na contaminação ele reavaliará o lockdown. Pode ser que durante essa semana eles consigam liberar mais segmentos. Vamos continuar dialogando para que isso seja feito de forma ordenada e com a maior segurança possível, para evitar mais demissões e falências na cidade”, concluiu Edson.

O presidente do Sindicato de Hotéis, Bares e Restaurantes (Sindhobar-DF), Jael Antonio da Silva, também participou da reunião. “O governo alega que a situação é grave e que os índices extrapolaram todas as expectativas. Ele também destacou que está providenciando um aumento na quantidade de leitos. Esperamos um posicionamento para a reabertura e vamos continuar acompanhando para que o empresário não sofra mais do que já está sofrendo”, enfatizou Jael.

Também estiveram presentes na reunião: representantes de escolar particulares; o presidente da Federação das Indústrias do DF (Fibra-DF), Jamal Bittar; o superintendente do Sebrae-DF, Valdir Oliveira; o presidente da Câmara Legislativa do DF, Rafael Prudente e secretários de governo, entre eles: Secretário de Economia, André Clemente; chefe da Casa Civil, Gustavo do Vale Rocha; secretário de Desenvolvimento Econômico, José Eduardo; secretário de Estado de Segurança Pública; Anderson Gustavo Torres; secretário de governo, José Humberto Pires e o secretário de Saúde, Osnei Okumoto.

Por Daniel Alcântara

Foto: Canva            Fonte: Fecomércio / CNC

Posts Relacionados

Deixe seu comentário